quinta-feira, março 12

Nem Dane, nem Dean...

Deu em nada...
Escrever o post com aqueles prognósticos furados.

Deu chuva...
E mesmo assim o público não arredou o pé da praia.

Deu onda...
Irregulares, tubulares e com uma correnteza dos diabos.

Deu pena...
Acompanhar a saída do Fanning da água (após a bateria eletrizante) contra o Joel.

Deu satisfação...
Ver o Mineiro enfileirar o Patachia, o Bede e o Taj.

Deu(ram) pouco tempo...
Pro Mineirinho descansar pra final.

Deu agonia...
Acompanhar a transmissão pela Sportv.

Deu raiva...
De ouvir tanta merda vindas de lá.

Deu Parko.
Merecidamente...

Só eu mesmo pra apostar numa final Dane X Dean.
Onde tava com a cabeça, onde?

Esses caras "metidos a entendidos em surfe” acham que sabem tudo...
Morram seus malditos!
Kkk...

10 comentários:

I.P. disse...

Sinceramente...Eh mta falta de tempo vcs ficaram fazendo posts atras de posts falando da tal transmissao. No fundo isso nao eh nada mais do que recalque desses caras que queriam estar la no lugar desse Paulinho e como nao podem ficam escrevendo blogs cheios de merda falando de tudo de longe. Meu amigo, da proxima vez arranja dinheiro e leva esse bloguezinho de merda pra Australia e faz uma cobertura que vc ache decente de la, combinado?! Deixa os caras trabalharem em paz, e se ta tao ruim assim, nao assite! Continua fazendo de tudo pro teu esporte parecer coisa de drogado e de gente sem sucesso quem nem vc... Ah! E vai la atender as ligacoes do SURFONE ue deve estar tocando, seu looser!

Maurio Borges disse...

Oi IP, me explica aí que eu não entendi a seguinte frase...

"Se tá ruim assim não assiste".

Aí não dá né, ô. Como tu me dizes isso. Também sou filho de Deus e quero me divertir. Assim tu me arrombaxxxx. E o bom é que é de graça...

Relax, man.
Lembre-se que dias piores virão.

MB

guilha disse...

pô IP qual é a da agressividade? blog do Maurio é local pra rapazeada tranquila irmãozinho, aqui as coisas se resolvem na conversa e na paz. Não foi falada nenhuma mentira nesse post, não podemos tirar os créditos dos profissionais da Sportv, eles tem os méritos deles e tenho certeza que não são poucos pra terem chego aonde estão, mas uma coisa não podemos negar. Quando entra no microfone um cara como o Renato Hickel, pô fica clara a diferença no entretenimento. a vibe é outra, não é só um telespectador vendo o surfista desenhando a onda. com os comentarios certos da pra sentir até mesmo a paulada das manobras, os sentimentos se aguçam. Isso é algo que necessita habilidade, e coisa que os apresentadores da Sportv ficam devendo saca? Longe de estar desmerecendo os mesmos, mas a diferença de nível narrativo é notavel.

essa é só minha pespectiva em relação a essa parada, sinta-se livre pra descordar mas faça-o com educação. é isso ai, abraços e paz.

Surfe Catarinense disse...

Que ódio hn IP? Pra usar esse tom sugiro assinar por completo. O Maurio criticou com razão a locução em português, que é fraca (mal informada) por opção e não necessidade. E não se escondeu atrás de iniciais.
Desinformação faz o esporte parecer coisa de ignorante, tão ruim quanto de drogado e gente "sem sucesso", seja lá o que isso for.
Maurio, com declarações 'quero curtir a vida e acho tudo um saco', acho difícil o Dane se dar bem no tour. Ou muda o jeito de encarar a carreira ou vai ser outro Bruce.
Abs

Rafael disse...

Bota Ruim nisso...ooo locução desgraçada!
Em alguns momentos tive que colocar no mudo, pois não dava para aguentar!
Mas quando o Renato hickel fazia a locução era outra história. Dava gosto de ouvir.
Sportv não pode mais entrar como locução... tem que colocar gente que entende e tem boa dicção.
dado o toque.
abraço

Sandro Murara disse...

Bom, IP, então sejamos coerentes, se voce diz pro Maurio "se ta tao ruim assim, nao assiste" então isso vale pra voce tbm. Se esse "bloguezinho de merda" (eu não acho, pelo contrário) tá tão ruim assim, então não leia.
PS: Maurio, desculpe se eu estiver com esse comentário diminuindo a sua "audiência" ao blog. Tenho certeza que ele não vai deixar de acessar aqui, hehehe. Abraço irmão.

Marcos disse...

Dae Maurio,

Que falta de educacao desse IP ...penso que tu nao deverias dar credito para um cara desse, e por isso nao postar o comentario dele. Nao assisti a narracao da sportv, e sim a da asp. Muito fraca! Pottz e o tal de Breakley, nao apresentaram nenhum preparo para tal. O Pottz chupando o saco do Parko e do TB. O outro cara totalmente repetitivo. Dois cara bons para fazer comentarios e o Taiu e o Julio. abraco Maurio.

Anônimo disse...

Pois eu gostei do I.P.! É o Identidade Protocolo! É uma pessoa que administra bem seu tempo (não o perde lendo posts atrás de posts..), parece ser um "literato"(demonstra muito conhecimento, vocabulário alto nível - Ah, convenhamos, quem não escreve "merda" em algum post?), tem situação sócio-econômica estável (façam o favor,pessoal!Escrever num blog sobre o WCT sem estar na Austrália...Em que país vocês vivem? Que falta de profissionalismo, Sr. Máurio!), e por último, é super bem resolvido (defende com propriedade seu programa preferido de canal pago). Sou fão do I.P.
Ah, esqueci de registrar: tenho quase certeza que o programa preferido na tv aberta do meu mais novo ídolo é A Praça é Nossa . De muito bom gosto, não?

7ondas disse...

Como vai Maurio, tudo bem? Acho que tirando a tal Irene que não tem idade sequer para saber o mínimo de história de surfe ou surf como alguns preferem. O Paulinho( Paulo Felipe ), que é ex surfista profissional ranqueado na OSP e ABRASP( anos 80 ), aos 48 anos de idade tem muita propriedade para falar, comentar as baterias de surfe de qualquer circuito. O que poucos conseguem entender ou ainda, que sabem, que os apresentadores/comentaristas contratados pela Globo/SporTV, tem de seguir o padrão "Global" seja na apresentação seja na forma de falar.Vale lembrar que, esta foi a 1ª vez que ele, o Paulinho se viu de frente a uma câmera de "TV" e comentando ao vivo o esporte pelo qual, ele dedicou sua vida. Sim, sou amigo de infância dele e não levando em consideração esse detalhe, foi das melhores locuções/comentários desde que a ASP começou a transmitir (tentando convocar alguém com postura ),via internet e ainda, via SporTV... Quantos “pros” e ex “pros” tiveram a chance e não agradaram? Ou acham que os pros deixaram de comentar por vontade própia? Nem só de surfistas, é composta a audiência dos campeonatos assim como, a maioria dos consumidores da "moda" surfe, não são surfistas e sim, simpatizantes. Ficar ouvindo as transmissões com sotaques seja de qual parte do Brasil seja, é fantástico, temos um povo maravilhoso e sonoro, mas com gírias esdrúxulas, algumas inventadas na hora, e de fala mole, não agrada muita gente. Uma maneira honesta e educada de se falar é imprescindível ainda mais com competência e autoridade, seja em que assunto for.

Um grande abraço, parabéns pelo seu ótimo blogg

Washington Fernandes

Maurio Borges disse...

Washington, respeito a tua opinião. Já tinha ouvido falar no Paulinho. Parece que ele foi um dos donos da Travel acessórios, aí do RJ, né? Nada contra ele.

Acho, então que ele deveria ao assumir o comando da cobertura de uma etapa do WCT tentar se informar mais, seja a respeito dos competidores, ter uma noção maior sobre o wct, conhecer um pouco mais do universo WCT.

Quando fui convidado para o WQS de Itajaí, também senti algumas dificuldades, achei que poderia ter acrecentado mais nas informações, porém no QS tem muito mais competidores e gente do mundo inteiro. Brett Simpson, Corey Sims eram caras que ninguém conheica, nem eu... tive que ir conversar com eles, buscar informações para passar aos ouvites. Acho que faltou isso nele.

Da Irene, não dá nem pra perder tempo em falar.Ela é muito fraquinha. Mas acho que a culpa é da Globo. Se no tênis, no futebol, nas maratonas, no golf existem pessoas especializadas para comentar, no surfe deve ser assim tbém.

O problema é que eles querem pagar muito pouco, quase de graça, e aí de graça ninguém vai... essa é a verdade!

Não tenho nada contra os sotaques: O Felipinho gaúcho com sotaque portoalegrense já fez o WCT do Chile Rip Curl. Eu, manezinho, sotaque ilhéu, fiz de Itajaí, tem o Zé Paulo com aqueles Ói,Ói,Ói irritantes que fez das etapas de Sampa, e até o Billabong de JBay, enfim...

Acho que eles devem colocar pessoas especializadas, ligadas, que vivem o Tour. Definitivamente Paulinho e Irene não são os mais indicados! É isso!

Abração
Máurio