quarta-feira, dezembro 12

Surfistas não são bons garotos...



Estava esperando uma oportunidade para postar o video acima. Já vi cenas iguais, com tamanha imbecilidade e crueldade também em nossas praias. As imagens do video foram feitas também em Pipeline, onde o localismo durante o inverno havaiano chega a níveis incontroláveis. Coincidencia ou não, o vídeo acima está de certa forma associada aos fatos recentes, profundamente lamentáveis, que ocorreram com o Neco durante as disputas da primeira fase do Pipeline Masters 2007 – quando ele e o havaiano Sunny Garcia se desentenderam dentro d’água e quase caíram na porrada, antes da turma do deixa-disso intervir.

Diferente do video acima, ainda bem que Neco e Sunny não chegaram às vias de fato na última terça-feira. As cenas com certeza correriam o mundo e seriam notícia nos grandes noticiários. Para o surfe um retrocesso.

O pior disso tudo é que agressor e o (quase) agredido, estavam com a camisa de lycra do evento ainda molhada no corpo. Portanto, está mais do que na hora da cúpula da ASP como a entidade maior do surfe mundial mostrar responsabilidade e punir o havaiano reincidente.

Agora convido você a fazer uma viagem no tempo. Retroceder aos não tão longuínquos anos 80. O sul-africano de nascença, inglês de coração, Martin Potter está no auge de sua forma física.

Aos 24 anos ele é o “cara” para naquele exato momento transpor a barreira do já arcaico, superado, sistema de julgamento utilizado pela ASP que até então priorizava as batidinhas e as longas conexões até o inside em detrimento de manobras fortes no pocket da onda.

Pra lá de moderno e veloz, Potter conquista de forma exuberante o tão cobiçado título mundial profissional de 1989. Nas cinco primeiras etapas já dava mostras que estava a frente do seu tempo vencendo quatro.

Foram seis vitórias ao longo do ano num total de vinte cinco etapas realizadas. No Brasil foi vice-campeão nas marolas da Barra da Tijuca perdendo para o australiano Dave Macaulay o terceiro colocado no ranking daquele mesmo ano. Mas Potter foi sem dúvida alguma o grande nome do campeonato. Nenhum outro competidor aproveitou-se tanto dos floaters e dos reentrys para esculachar seus adversários naquela temporada.

Naquele mesmo ano Potter não só teve a oportunidade impar de contribuir e redirecionar a percepção dos juízes e o julgamento utilizado até então, como também de colaborar com a imagem do surfe ao redor do planeta, afinal os olhos do mundo estavam voltados para suas performances e entrevistas. Tudo o que fazia ou falava era copiado e comentado.

Mas Potter preferiu seguir o arcaico, o velho, o superado. E logo ele... Quando entrevistado para o jornal australiano Tracks foi categórico: “...Surfistas não são bons garotos...”.

Até onde vai a nossa ignorância?

9 comentários:

Rodrigo rj disse...

Porra Maurio, concordo com vc em número , gênero e grau.

Neguinho tinha que banir esse merda desse Sunny do esporte. Ele mostrou para todo o MUNDO quão filho da puta ele é..........imagina que o idiota ainda pleiteava um convite para disputar o WCT ano que vem.

Simplesmente não falta mais nada para esse merda tomar uma punição severa ( é o que goataríamos mas sabemos que aqueles que comandam a ASP não vão fazer nada).

Se fosse no tênis garanto que ele ficava no mínimo 1 ano de suspensão.

Fica aqui o meu protesto e meu desejo que se faça um abaixo assinado para banir este TUMOR DO ESPORTE!!

Anônimo disse...

sem alma de surfista um cara desses!!!

lamentável saber que existem muitos outros do mesmo tipo! e não precisa ir ate o Hawaii!

sem mais comentários...

Felipe Besen

Anônimo disse...

Que esse mundo está em franca decadência não é novidade pra ninguém e não é a tôa que Sunny, ASP, mensaleiros e outros pulhas são as atrações principais da roda viva de nossa sociedade, mas o que não está claro na mente das pessoas e principalmente desses imbecis é que eles praticando o amálgama de ruindades que fazem constantemente estão se associando espiritualmente com criaturas das trevas e quando chegarem ao mundo espiritual as mesmas estarão esperando-os, assim como por todos que se julgam poderosos através da violência, da corrupção, da omissão e de todos sentimentos e ações nefastas da naturez ainferior humana, aí será tarde pra se arrepender e só restará o lago de enxofre e a segunda morte pra todos os ímpios...A CBS, a ABRASP, a FECASURF têm que tomar uma atitude contra essa barbárie para justificar a representatividade de sua missão institucional cível e assim não deixar brechas para acontecer essa pouca vergonha pela quarta vez num futuro próximo.

Paulão

Anônimo disse...

Tá mas no que na hora da ASP tomar uma atitude em relação ao Hawaii.

Anônimo disse...

Olá Mauricio,

Em relação ao video, o que aconteceu foi o surfista que entrou na àrea de competição, no meio de um campeonato de Bodyboard!!
Ele foi avisado, mas não queria sair. Então o Kainoa (Bodyboarder) foi lá para falar com ele e levou um soco!!
O resto vcs já sabem!

Abraço
tlai

Pedro disse...

Caro Maurio

essas imagens são conhecidas, eu como bodyboarder já as tinha visto, infelizmente, em muitos dvd's da última temporada,

recentemente também no ONDAS essas imagens vieram à baila, deixo aqui a minha opinião sobre o assunto, que também já tinha deixado no ONDAS:

as imagens que recomendas são indefensáveis e indesculpáveis, o Kainoa é um dos surfistas que eu mais admiro pela ousadia dentro de água, mas infelizmente, conforme se comprova neste episódio que fez furor em todos os DVD's de Body da última temporada, é também um produto da escola black trunk do north shore hawaiano,

eu vivo todo o ano numa ilha que não tem nem um décimo da projecção mediática de Oahu, e ainda bem, mas mesmo assim sei o que é aturar os fluxos de crowd "estrangeiro" em busca de afirmação e autoconvencimento, no entanto nada jsutifica o tipo de violência extrema que se vê nessas imagens

aloha

Pedro Arruda

jocasurf disse...

pena que em floripa existam varios sunnys garcia da vida....

Anônimo disse...

nunca gostei de craques sem caráter, em qualquer esporte. preferi sempre os que além de talento são decentes. zico, sócrates, raí etc. chega de venerar escrotos só porque são craques. e como sunny já foi venerado pela mídia surf do mundo todo...
se é pra ser temperamental, que seja mas tenha caráter e seja homem, como john mcenroe, romário, zidane e cia.
graças que o surf teve a benção de ter encontrado um campeão das ondas e da vida chamado kelly slater.
asp??? ....................
abraço, zé augusto

Anônimo disse...

Vamos ser objetivos!

O Renato Hickel é catarinense, brasileiro e tour manager da ASP. Temos que exigir dele uma atitude austera e digna em cima desse terceiro capítulo de agressões hvaianas contra nossos conterrâneos no Pipe Master, para que não ocorra essa barbárie pela quarta vez. O Sunny tem que ser banido da ASP por pelo menos um ano.Com a palavra Mr.Renato Hickel, não se omita!!!

Paulão