quarta-feira, dezembro 19

Nada como o tempo...

Praia Brava de Itajaí. Primeiros dias do “Maresia International Pro”, etapa brasileira do WQS.

Encontro com Rodrigo Tusca, manager do Jihad, nos corredores do Hotel Cabeçudas, onde estávamos hospedados.

Pergunto a ele: E aí Tusca, o que está acontecendo? Pela internet estão todos perguntando, querendo saber sobre o episódio do Jihad – da negativa de fazer o exame anti-dopping na Barra da Tijuca momentos após de ter sido coroado bi-campeão brasileiro. O que de fato aconteceu?

Ele dá uma risada e emenda em tom irônico. É que nós somos foda! Tudo o que fazemos gera polêmica...

É, dá pra ver...

9 comentários:

Rodrigo rj disse...

Falou tudo...........agora já era , deu mole na parada!!

Perdeu o título e a grana,........quem mandou ficar fazendo merda.

É bom para manter os pés no chão.
AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA............

Rafael disse...

Quiz dar uma de esperto ... se ralou!
Perdeu o título e a credibilidade.

Para deixar a galera mais informada:

O Conselho Executivo da Abrasp decidiu obedecer os itens do assunto no Livro de Regras da Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP), cujo item principal reza que o não comparecimento ao exame anti-doping implica na perda dos pontos e premiação da etapa.

Com a retirada dos 730 pontos do terceiro lugar conquistado na Barra da Tijuca, Jihad Kohdr terminou em segundo no ranking final do SuperSurf 2007 e o paulista Renato Galvão passou a ser o novo bicampeão brasileiro.

NOVO RANKING FINAL DO SUPERSURF 2007:

Campeão: Renato Galvão (SP) - 2.860 pontos
Vice-campeão: Jihad Kohdr (PR) - 2.740
03: Marco Polo (SC) - 2.720
04: Marcelo Trekinho (RJ) - 2.620
05: Wagner Pupo (SP) - 2.370
06: André Silva (CE) - 2.340


Abraço Máurio ...
Feliz Natal

Samuca disse...

E o cara (Tusca) ainda é pago pra dar palestra no Congressurf em Porto Alegre sobre "como fazer um campeão". Quando soube que era ele que ia dar a tal palestra pulei fora.

Giorgio disse...

GiorgioNão conheço o Tusca, mas se surf fosse um esporte serio ele deveria ter sido demitido depois do episodio do “bate e volta” do Jihad naquele ano (que lhe custou a vaga no WCT), quanto de $$$ isso deve ter custado? Depois de isso ter um atleta que usa medicamento e não ter procurado se informar com os médicos de como deveria proceder, deixar o negocio pra se resolver na sorte, li aqui que esse cara da palestras, só no surf mesmo que essas coisas acontecem, aliais no surf do Brasil.

Abraços,

Giorgio

Anônimo disse...

Maurio
Foi VOCÊ (RECEPCIONANDO Tusca na "cabine" do WQS) quem falou que não há anti-dopping no tennis
Sua opinião em relação a existir no syurfe qualé/


Matinhos Bra

Maurio Borges disse...

Vou prepara um texto sobre o que penso e sobre o que falei durante a transmissão do Maresia. Até domingo está no ar, ok!

Abração
Máurio

Anônimo disse...

só para regisrtar.
No tênis existe anti-doping sim!!
Inclusive o tenista argentino Guilherme Canas pegou suspensão de 1 ano por isso e o brasileiro Ricardo Mello paeceiro de dupla do Andre Sá foi pego agora.

Agora, o engraçado disso tudo é que nunca nenhum gringo foi punido e todos nós sabemos que muitos deles praticam karatê boliviano.

Anônimo disse...

O Jihad perdeu o patrô da Quiksilver...........será porque ele tá subindo na carreira?
Ou porque o seu técnico acha que eles são foda.

Foda é entrar no wct e ser idiota a tal ponto de fazer tanta merda para perder esse apoio que qualquer mortal daria tudo pra conseguir.

Realmente é hora de parar e reavaliar algumas coisas para 2008, porque CT sem patrocínio é foda!!

Rodrigo rj

Anônimo disse...

o Jihad deu mole, isso é fato, e oha que muita gente avisou a ele que ele deveria rever seus costumes...
Mas que o grande culpado é o TUSCA, que só viu a grana e em momento nenhum foi profissional ao ponto de ter pulso firme e colocar ordem na casa.
Antes teve o episódio da prancha do Bin Laden, que repercurtiu no mundo todo e agora este...po, se ele tivesse um manager sério, talvez tivesse em outro momento bem melhor e mais credível neste momento.
Maurio, você poderia fazer uma matéria sobre managers, como Paulo Kid, Pinga, Fred Lubisco, Gabriel, Everton Luiz, Juca,...
Abraços