quarta-feira, maio 26

O mar invadiu?

As construções na orla da Barra da Lagoa, na praia da Armação no sul da Ilha, na Praia Brava (próximo ao bar do Pirata) no norte da Ilha, estão sentindo o impacto do avanço do mar. A foto acima é do Balneário Barra do Sul (litoral norte catarinense) na ressaca desse fim de semana. A Defesa Cívil busca saídas apenas paleativas como contenção com sacos de areia. Nada disso funciona. O que era pra ter sido feito não foi. Proibir construções próximas a beira do mar. Neguinho construiu sobre as dunas e agora reclama da situação...

8 comentários:

Vinícius Maciel disse...

E ai Mauro? Criei um blog de surf para mim, vou deixar aqui o link: http://p-movement.blogspot.com/ ! Espero que goste, só estou começando, e acompanho o blog aqui faz tempo! Abraços

Anônimo disse...

Caro Maurio,
Estive ano passado no Ceará e em Caucaia rola a mesma coisa. É a natureza tomando de volta o que é dela, neguinho não se liga que o mar tá avançando a cada ano, não sei se pelo famoso aquecimento global, mas vai dá merda...
Como será que vão ficar as casa no Ingleses, que tb são à biera mar.
O grande problema de Flripa é que não se deixou uma faixa sem construção em muitas praias, com um calçadão e uma rua, é areia e prédio, depois vem a rua.
Vamos torcer pra que esse avança pare, ou nos mudaremos todos pra cima dos morros, e surfaremos em novos picos como Blumenau, pico do morro da TV, Altas rolarão em Sto. Amaro, etc.
Abraço e Paz na água.
Fabrício L.

Anônimo disse...

Pelo menos aqui em Floripa, isso tem nome;se chama descaso do poder público, que tinha que ter fiscalizado quando começou essa onda de construir encima da faixa de praia,essa cambada de fiscais corruptos e politicos safados venderam alvarás e favores pra essa gente! E agora a natureza só está no seu ciclo normal! Foda-se o Pirata da brava,o bar mais escroto da ilha, foda-se quem construiu em lugar irregular, quis se dar bem com a casa na cara do gol e se ferrou!!!Esta foi só a terceira ressaca deste outono e o inverno nem chegou!!!Aguardem as tainhas saindo pelo bacio do teu banheiro seu invasor!!!!

Surf4ever disse...

Bem colocado, Maurio, quem invadiu certamente não foi o mar...
Em muitas situações não foi nem questão de falta de fiscalização, pois tratam-se de construções muito antigas. Mas as mais recentes deveriam ter sido evitadas. E as vezes não são nem casas, mas vias construídas pelas próprias prefeituras. Não é preciso nem ser um geólogo ou especialista pra saber que numa orla sem dunas, a tendência é o mar arrebentar com o que está na frente. Todos sabem que as dunas e as restingas são móveis e a natureza não as colocou na frente do mar por acaso... Destruindo-as, o mar destruirá o que foi colocando no lugar delas, mais cedo ou mais tarde.
Abs,
Gustavo

Luiz disse...

Já era hora de alguém dar um jeito nesta turma do oba- oba,
A prefeitura deu,e a natureza esta tomando de volta o que é de direito..
Construa de novo na restinga seu burro...
Obs: Entre com um processo na prefeitura por danos físicos e morais
Há há há ....

Abraço!!!

NETUNO disse...

Se notarem após a casa amarela há uma faixa de areia na praia,
Nota-se que não há destruição, porque nada foi feito em cima da restinga.
Quando se constrói sob ela, forma-se uma resistência ao mar, sendo assim uma força maior sob a ¨ proteção ¨ muro .esta área ficara degradada ate a retira dos destroços ali existentes. Sendo assim ficaram sem a praia por muito tempo. E não adianta reclamar
Mar é mar.
Quem vai ao mar se prepara em terra.

maria disse...

Pior é que os meios de comunicação tratam o caso como "o mar está invadindo", quando na verdade, as pessoas é que invadiram o que não deveriam. E ainda me chega um presidente populista, como o que temos, e viabiliza 10 milhões de reais de verbas públicas, vindas do imposto que pagamos, para conter o mar! Não tem mais jeito mesmo! Me resta rezar para que o mar leve esses 10 milhões também! seria um melhor fim para o nosso dinheiro!

Sandro Murara disse...

OPORTUNIDADE: Vendo casa na praia da Armação. Atualmente a 200m do mar, mas em algum tempo será na beira-mar. Ótimo investimento futuro.