sábado, setembro 6

Quando novembro chegar...

A novidade da semana é que o Grupo RBS, responsável pela produção desta edição do WCT de Imbituba, em novembro, fechou contrato com os australianos do The Beatiful Girls.

A banda que já havia sido sondada para shows em 2006 e não pode vir em função da agenda lotada, agora promete embalar uma das noites do mundial lá na cidade do surfe.



E por falar na Zimba, já tem ambulante torcendo o nariz e pelo que soube a reclamação é grande por lá. É que nos anos anteriores, a prefeitura local liberava, sem custos, o espaço para colocação das tradicionais “barraquinhas” onde de tudo se vendia, desde água, cachorro quente, milho, camisetas, muambas hippies e tralhas bem ao lado da área do evento.

Agora, com o grupo RBS a frente da promoção, neguinho pra instalar a barraquinha vai ter que botar a mão no bolso e cair com uns trocados...

5 comentários:

jefferson lopes disse...

Não entendi?? O espaço é público, mas é a RBS que vai lucrar com o negócio? Quanto a prefeitura de Imbituba tá levando nessa???

Maurio Borges disse...

Não, não...
Será montado uma estrutura que deverá se chamar "Cidade do Surfe". No projeto, exibição de filmes durante os dias do evento, shows de bandas locais, nacionais, venda de produtos do evento e mais algumas novidades...

Calma Jeff! Relax, man.

galego disse...

é a Globalização do nosso esporte

Hugo Castro disse...

The Beautifull Girls é o som mais surfe da atualidade, se realmente vierem fazer show aqui vai ser irado...

Um puta som de qualidade!

Beda Batista disse...

Fala Máurio, como é que está essa força guerreira?
Estive sumido, peguei umas férias prolongadas e resolvi descansar um pouco a cabeça. Mas a partir de hoje estou de volta com as visitas aos blogs e aos posts do 2B Surf.
Sobre o teu texto, vale explicar:
Cara, na verdade as coisas não são bem assim.
Nos últimos dois anos o espaço destinado às barracas de alimentação e outros, ao lado da área do evento, foi cedido pela organização à ASI - Associação de Surf de Imbituba, para que esta fizesse a exploração do espaço efetuando o cadastramento, controle e licenciamento dos ambulantes. Dessa forma, como não é possível atender à todos, devido ao espaço limitado, é realizada uma convocação aos interessados que, antes de mais nada, devem possuir o registro de ambulantes na Prefeitura de Imbituba.
Geralmente, quem reclama é quem não atende aos requisitos básicos para poder trabalhar.

Grande abraço,

Beda Batista.