quinta-feira, setembro 28

Picos sem crowd só na Cochinchina...

Mentawai de gala...
Verão de 2003. Eu, acompanhado pelo meu sócio, o fotografo Basílio Ruy, corria o litoral brasileiro produzindo material para mais uma edição do Surfe Guia Brasil.
Numa tarde movimentada na praia de Geribá (Búzios), encontrei numa barraca de caldo de cana, o jornalista e surfista, hoje designer de moda Fred Orey que foi logo me intimando. E aí mané o que tu tá fazendo perdido por aqui? Quando falei que estava em busca de informações para mais uma edição do Surfe Guia Sul-Sudeste, ele deu uma risada e emendou... "Nesse país não tem onda, nem perde o teu tempo".
Corta!.
Estamos no verão de 2000 - último dia do Reef Classic. Nas areias da Joaca enquanto distribuía gratuitamente a "então" novidade Surfe Guia Santa Catarina, pude vêr neguindo torcer o nariz ao receber o exemplar. Incusive fui intimado por alguns após folheá-lo.
E aí qual é, vais entregar todas as praias daqui? Até mesmo o Peterson Rosa entrou numas comigo, dizendo que eu estava dando de bandeja as condições de picos como Lambe-Lambe em Ponta das Canas e aumentando o crowd!
Mal sabia ele que começei a surfar justamente em Ponta da Canas, Lagoinha e Brava, e que desde moleque frequento aquelas praias, isso há 20 anos atrás e que Pontas das Canas de secret não tem mais nada...
Nesse ano não vamos conseguir lançar a edição nacional do Surfe Guia (do Chuí até as Pororocas) material inédito, mas o que fica registrado é que o Guia não "entrega" pico nenhum - e que essa história de picos secretos hoje em dia é tudo papo furado, tanto aqui como lá nas Mentawai...
Acaba de ser inaugurado um resort com bangalôs espetaculares num dos mais remotos picos de surfe do mundo. Aos hospedes inclusive é oferecido a possibilidade de transporte aéreo. Tudo fácil ao alcance dos bolsos mais cheios. Nada mal, pra quem tem um din-din extra na conta.
Uma coisa é certa nessa história. Fred estava errado. Aqui tem onda sim. Pode não ser como nas Mentawai...
Como diz o ditado: Quem não tem cão...

4 comentários:

Jefferson Lopes disse...

Caro Maurio,

O correto é Conchinchina, e esse lugar existe. Fica na costa sudeste da China. Como dizia Jack Pallance naquele antigo programa de documentários: "Acredite se quizer". Um abraço!

Singlefin disse...

Apenas complementando - e perguntando, porque não? - o post inicial do amigo aqui em cima:
Será que dá onda por lá?

Franco disse...

Good work, very nice blog. Seems you enjoy working with/ on the internet. And
if something like that even pays off well, it would be even better, woulnd't it?

I chose you because you convinced meby all the effort you put into it. That
really convinced me.
For further information please look up my site www-franco.blogspot.com Please get more information
on....see the video!

Jefferson Lopes disse...

Putz! "Quiser" é com "s". É o rôto falando do rasgado;))))