sexta-feira, janeiro 4

No blogue do Rico...

Algum tempo atrás comentei aqui mesmo no Alohapaziada sobre a falta de reconhecimento por parte da mídia dita “especializada” em relação aos resultados e as recentes conquistas da manezinha Jaqueline Silva.

Nesse ano de 2007, todos os holofotes estavam voltados para as performances da cearense Silvana Lima no surfe feminino. Para muitos, Silvana era e continuará sendo a esperança de um tão sonhado título mundial. Durante a abertura da temporada do Tour, lá na Austrália, em março, acompanhei estupefato, pela Sportv o espaço dado nos programas da emissora para a Silvana. O repórter Kiko Menezes em suas matérias especiais direto do front enchia a bola da Silvana, que acredito merecer tal espaço, porém nada era dito, ou sequer mencionado, sobre a participação e as expectativas da Jacque.

Recentemente li alguma coisa - uma meia dúzia de mal traçadas linhas - sobre a Jaque nas revistas Fluir e HardCore – nossas principais referencias "especializadas" no reino tupiniquin. Os textos, pobres, comentavam “apenas” como se nada fosse uma conquista do título de bi-campeã do WQS.

Acabo de ler no blogue do Rico o seu texto de fim de ano e sua retrospectiva pra lá de superficial sobre os brasileiros nas competições mundo afora nesse ano. Rico, a exemplo de Kiko Menezes também esqueceu de mencionar o nome da Jacque – afinal o principal resultado e conquista brasileira num ano sem ao menos um pódio no surfe masculino.

Tudo bem, do Kiko é até aceitável, afinal ele nada tem haver com o surfe, um verdadeiro outside. Mas não esperava do Rico esse “esquecimento”. Para uma pessoa com o seu passado dentro do esporte, com muita água salgada no corpo, com quilometros de ondas surfadas pelo mundo e muita areia nos dedos dos pés, sabe muito bem o que representa uma conquista dessas. Acredito que o sol forte da praia do Recreio, na cidade maravilhosa, esteja afetando a mente do nosso veterano campeão.

Ah, se a Jaque fosse carioca!...

16 comentários:

Anônimo disse...

Alohapaziada!

Maior injustiça! Eu sou carioca e considero a Jaqueline Silva uma das maiores surfistas do mundo de todos os tempos, além de ser uma pessoa espetacular, humilde e construtiva.
Bi-campeã do WQS e vice do WCT, com seus méritos pessoais conquistou o melhor desempenho brasileiro, na história do circuito mundial.
Eu e minha filhinha somos fãs incondicionais da "galega" e nunca mais vou me esquecer da primeira vez que a vi surfando no Camping da Barra com uma linha magistral e manobras de pressão super bem aplicadas no melhor estilo Curren. Realmente o surfe da Jaque é algo especial e maravilhoso e o jornalista que não ressalta suas qualidades e conquistas faz isso por pura miopia, por não conseguir enxergar ao longe e tampouco reconhecer o brilho encantado de uma pérola como a Jaque.

Que 2008 seja perfeito como aquela onda tubular, com o Sol ao fundo...

Abração,
Paulão

jefferson lopes disse...

O que voces esperam de um cara que já foi acusado de usar um gato na ligação de água (Ah, a velha lei de Gerson). Vamos cantar aquela musiquinha dos programas de calouros do Silvio Santos: "...e a Jaque Silva, é coisa nossa. Mas que vai, vai, mas que vai e vem". E pode crer que tem gente nova na esteira da Jaque que vai nos dar muita alegria ainda...

Anônimo disse...

Ô amigo, abra o olho né? Deixe de ser ridículo e pare de ter complexo de inferioridade só porque é de SC. A Jaqueline é uma competidora competente e esforçada. Também é uma pessoa educada. Tem muita garra e, por essa dedicação - e um pouco de sorte, como prova a falta de consistência -, obteve ótimos resultados, como um vice-campeonato mundial. Entretanto, não tem 1/5 do surfe da Silvana Lima.

Falemos o português correto: a Silvana é talvez a melhor surfista do mundo na atualidade e, por conta disso, uma séria pretendente ao título nos próximos anos; a Jaqueline já obteve o máximo do que pode render. Aquele vice-campeonato foi um acidente, como a sequencia dos anos seguintes provou.

Qualquer um que conheça os fundamentos do surfe fica com os olhos brilhando ao ver a Silvana surfar. A menina surfa muito. Tem um estilo muito bonito, com a base fechada e os joelhos juntos; é veloz como um homem; tem pressão como um homem (o apelido búfala não veio à toa); entuba bem e com estilo, inclusive de backside; e derrapa e voa com muita competência, melhor que muito top 44 (Dornelles - a não ser que me prove que sabe dar aéreo -, Greg Emslie, entre outros).

Já a Jaqueline parce um surfista do começo dos anos 80. Surfa sem movimento na cintura. Além disso, não dobra as pernas, o que torna seus movimentos muito burocráticos.

Enfim, surfe não é só técnica, mas do ponto de vista técnico, as duas surfistas são incomparáveis.

Anônimo disse...

Bairrista...
Seu comentário além de mostar o verdadeiro espírito catarinense...demonstra ser imaturo e inconsistente...ou vc não lembra da "Super Jaquie" entrando e saindo de uma bateria em Teahupo..sem pegar uma única onda!!
Enquanto sua oponente fez pasmem!!?? 16 e pouco de média...
Catarina Recalcado e mal informado...
Abços da Cidade Maravilhosa que vcs tanto invejam!!!

Anônimo disse...

Rico de Souza, pobre de espírito (pelo menos nessa vez).

Rafael disse...

É pura inveja!
Floripa tem: altas ondas o ano inteiro e grandes surfistas. Celeiro de Campeões!

Maurio Borges disse...

Quando postei o texto "No blogue do Rico" e me referi no final ..Ah! se a Jacque fosse carioca... quis dizer que, o Rico como bom carioca, iria, com certeza, puxar a sardinha e gritar aos quatro cantos que a Jacque foi campeã. De forma alguma busquei menosprezar quem quer que seja. Embora seja catarinense, tenho muitos amigos cariocas, paulistas, gaúchos, paranaenses... Não tenho problema nenhum. Sem essa de ser daqui ou acolá... Não me considero bairrista de forma alguma. O que queria deixar claro é que uma pessoa como o Rico, que tem muita história no surfe, de um passado fantástico com muita água salgada nas veias e muita areia nos meios dos dedos dos pés, jamais poderia esquecer de uma conquista dessa. Bi-campeã não é pra qualquer um. Ah! e outra coisa: A jacque tem bem mais linha que a Silvana. Isso fica claro nos resultados de ambas em ondas de point-break...

Eduardo "Galego" disse...

aí maurio, agora seria uma hora bacana para fazer uma enquete em seu blog.

Silvana ou Jaque.

como o surf não tem regra do que é um "surf bonito" esta é uma boa hora para mostrar que somos nós quem escolhemos quem tem o melhor surf.

bira disse...

tem pessoas que escrevem bonito, uma linda teoria sobre técnica de surf, fazem comparações absurdas e comentários infelizes!! E pra finalizar não tem a coragem de se identificar, pela saco, bundão, deve ser um prego recalcado da pior espécie!!!
Bira schauffert - técnico da jacque

Anônimo disse...

ilario, estupefato

é veranho( prá entrar no clima)


Boa sorti Mau rio

Anônimo disse...

Caro Bira, em nenhum momento fiz ataque pessoal à Jaqueline. Pelo contrário, ressaltei virtudes que reconheço nela, como gara e determinação. A crítica que fiz não foi à pessoa da Jaqueline, mas à surfista Jaqueline. Será ela imune à críticas?

Você tem todo o direito de considerar meu comentário sem fundamento, assim como tenho a faculdade de achar a Jaqueline burocrática e inferior à Silvana. Agora, o ataque pessoal de sua parte é inaceitável. Senão vou ter que te chamar de incompetente ou coisa equivalente.

Sou "um prego recalcado da pior espécie"? ahahaha...acho que não. Nasci na praia e na praia moro. Surfo há 20 anos, diariamente. Competi bastante no "amador". Também já peguei onda em vários países (México, Peru, Austrália, EUA). Te escovo e, de lambuja, ainda escovo a sua pupila. Fácil.

Anônimo disse...

A Jaque com certeza merece todo o respeito do mundo, pois ninguém é bi-campeão do wqs a toa.

Mas com certeza a paraíba Silvana surfa muuuuuuuuuuuiiiiitttooooo mais que ela.

Ano que vem é Silvana na cabeça.

Rodrigo rj.

Anônimo disse...

dicionário Paraíba

terra de Fábio Gouveia o maior nome do surf brasileiro assistam o filme

Anônimo disse...

Eaquela menina a Tininha?

botam fé?

Anônimo disse...

Tem gente que prefere afundar com o elógio do que ser salvo pela crítica

Bastiao disse...

Putz, que raça mais ignorante, o Maurio só comentou a "consideração e reconhecimento" dado a grande surfista Jaque, que inclusive possui o melhor resultado em campeonatos de surf, melhor que qualquer homem, e em 2007 foi a melhor inclusive entre os homens. Ninguém esta comparando com o surf da Silvana, que realmente promete, mas de promessas é que o Brasil veio vivendo e até hoje quase nada, se não fosse a Jaque, então, sendo que ambas vivem de campeonato, de quem é o melhor resultado, ai tirasse a comclusão, como se diz no futebol, o que vale é ganhar, mesmo de meio gol. Só acho que os cariocas anonimos ficaram queimados por nada. E realmente, o Brasil esquece a Jaque que ganhou alguma coisa, e vangloria quem promete um dia, mas deixem este dia chegar, agora aplaudam quem ganha no presente e não no futuro, talvés.