terça-feira, agosto 21

Natal antecipado em Gaza...

Dorian Paskowitz, um judeu norte-americano de 87 anos de idade e devoto surfista há muitos anos, cansou de ver a briga de tantos anos entre israelenses e palestinos e decidiu agir.

Ele angariou apoio financeiro com doadores e empresas israelenses para comprar 15 pranchas de surfe e todo o equipamento necessário para a prática do esporte. E deu tudo para crianças palestinas.

A idéia surgiu há duas semanas, quando ele, ainda em sua casa no Havaí, viu uma foto de dois surfistas de Gaza com pranchas improvisadas "Eram pranchas muito ruins", disse Paskowitz.

Para chegar ao lado palestino de Gaza, o velhinho norte-americano cruzou uma barreira militar israelense na região de Erez com as pranchas nas mãos. Gaza, sob o controle de militantes islâmicos do movimento radical Hamas, está passando por um sufocante boicote econômico nos últimos 18 meses, que dificulta aos seus residentes encontrar trabalho. Na prática, aumenta a pobreza dessa região, que é uma das mais densamente povoadas do mundo.

Na correria dos últimos dias mal tive tempo de blogar algo interessante e bacana. E não é que meu camarada e colaborador Jefferson Lopes me mandou esse texto que reproduzi do site G1 e cai muito bem nesses tempos de guerra.

É nessas horas que eu me certifico que o surfe é sim muito mais que uma simples onda...

2 comentários:

Felipe Siebert disse...

ainda bem que ainda tem gente que faz as coisas sem querer algo em troca... parbens pelo post e parabens pra esse vôzinho ai...

falo!

surf4ever disse...

Quebrasse a vala, Maurio, irada essa postagem sobre o Mr. Paskowitz!
Mudando um pouco de assunto, tem uma matéria bem legal no DC de 22/08, que destaca uma pessoa que aparece bastante nas tuas postagens, e outra pessoa que vejo que comenta bastante aqui no Alohapaziada: "Uma parceria de sucesso há 18 anos"
Abraço,
Gustavo