sábado, junho 5

É simples

Sábado 5 de junho, dia mundial do Meio Ambiente. Vento sul chegou nessa madruga soprando forte. Foi bom que deu uma limpada no tempo. A chuva dos últimos dias que impregnou geral foi embora, em compensação deu lugar ao frio. O mar com ondas entre 2' e 3' pés na Joaca e Mole com a formação prejudicada pelo vento. Nos points de terral marolas surfáveis de até 2' pés. Na imagem acima (clica no desenho para ampliar), Murilo Graf dá a sua versão para os problemas gerados lá pro's lados do Sul da Ilha. Mar revolto? Ressacas? Mares elevadas? Que nada! A construção dos molhes de pedras (para adiantar o lado de alguns poucos pescadores), entre as praias da Armação e do Matadeiro é que está interferindo diretamente no curso das águas e causando destruição na orla. Agora o governo vem com medidas apenas paleativas - e vai gastar, pasmem, 10 milhões - construindo um muro de contenção com pedras. Pra resolver é simples, basta arrancar os molhes e a passarela. Ai sim a água volta ao seu curso natural...

4 comentários:

Tora disse...

Ótimo desenho!

jefferson lopes disse...

Uma ponte pensil como a da barra já resolveria... Mas não sei se é esse realmente o motivo dos estragos. Antes do molhe, ressacas no começo dos anos 80 já haviam desfigurado aquele conto da praia da Armação. Tô mentindo???

La Famiglia disse...

é...não sei se a retirada dos molhes resolveria "todos os problemas" mas...

LUIZ disse...

DAI MAURIO!

É UM SOMATÓRIO DE DESCASO,
O COPO TRANSBORDA COM UMA SÓ GOTA....

ABRAÇO!!