sábado, julho 26

Retratação.

Ontem à tarde permaneci cerca de uma hora no telefone com o deputado Edson Andrino que se mostrou altamente indignado com o que escrevi sobre sua relação com a pretendida obra no Canto do Gravatá.

Ele me disse que não tem qualquer envolvimento com o empreendimento. E falou mais coisas que vocês podem ver na mensagem que ele me mandou e que publico na íntegra abaixo.

Publico a sua carta por que sei que, dessa vez “pisei fundo” ao não checar as informações que me passaram. Mesmo não sendo jornalista profissional (ao invés de ganhar dinheiro escrevendo, ganhei um problema, como vocês podem ver) conheço algumas regras básicas da atividade e não segui aquela que é, talvez a principal delas: ouvir “o outro lado”.

Sr. Máurio Borges

O seu comentário do dia 11 de junho, do qual só tive conhecimento agora, é mentiroso e difamatório e precisa ser corrigido. Você afirma categoricamente que o zoneamento da área do Gravatá foi alterado durante minha gestão como prefeito de Florianópolis e aponta irregularidade no procedimento.

É uma grande mentira. O Plano Diretor de Florianópolis foi publicado em 3 de janeiro de 1985, durante a gestão do Prefeito Cláudio Ávila da Silva e não sofreu qualquer alteração depois dessa data com relação à área do Gravatá. A área sempre foi de preservação limitada (APL). Nunca foi APP.

Fui até a Sociedade Amigos da Lagoa para discutir o novo Plano Diretor de Florianópolis. Não fui para apresentar qualquer projeto, até porque o projeto de ocupação da área não é conduzido por mim. Apenas defendi uma posição que tenho há muito tempo de defender a ocupação responsável e ordenada das áreas de preservação limitada.

Você tem o direito de ser contra a ocupação da área, mas não tem o direito de fazer afirmações mentirosas contra quem não concorda com você. É obrigação de qualquer cidadão, mas especialmente sua que tem papel na mídia, conferir a verdade dos fatos que apresenta para os demais, especialmente, quando estes têm o conteúdo injurioso da sua mensagem.

Desse modo, peço que você apresente uma retratação sobre a afirmação de que eu aprovei uma alteração no zoneamento do Canto do Gravatá quando prefeito para me beneficiar da ocupação área, sob pena de responder a processo por calúnia e difamação.

Edison Andrino.

11 comentários:

Felipe disse...

Não foi o que o Diário Catarinense afirmou não é!?

assim como informa o site sosgravata.org de todas as publicações sobre o assunto!

algo não confere ai heim!

amanhã estamos lá na mole!
valeuu

Lucas disse...

E aí Maurio... na hora de achar ruim os comentários eles aparecem. Quando precisamos deles.. nunca tem tempo e nem se manifestam.

Agora que tem que trocar a fralda, ninguem sabe de quem é a criança.

O Lula também não sabe de nada! Não sabe do mensalão, não sabe dos rolos dos deputados...

Abraços aí !

Carlos Eduardo disse...

E ai Maurio...

Quem sabe o nobre debutado, uma vez que não tem qualquer envolvimento, junta-se a nós para nos apoiar nessa ação.

Sugiro formalizar um convite ao mesmo, e quem sabe lá, nos de algumas palavras de apoio e nos ajude ainda em seu mandato em conservar essa praia tão maravilhosa. S.O.S Gravatá.

Aloha

Pierre Alfredo disse...

O Vandinho indo embora e vocês aí, discutindo besteira....

Heitor Provesano disse...

Oi MAurio!
Só pelo fato deste individuo que é politico e morador da lagoa ha anos, deveria ser totalmente contra esse tipo de projeto, que visa apenas obtenção de lucros e destruição da natureza! Até parece que ele não esta levando nada com isso!!Coloca um testa de ferro e depois se faz de vitima, temos que preservar as nossas belezas naturais!Chega de não fazer nada contra esses politicos corruptos e empresários gananciosos!Amanhã vou estar lá com meus amigos e familiares para impedir uma aberração que é este projeto imobiliário!
Abço e continue sempre firme

Rafael disse...

Isso como sempre é papo de Político...
Sempre dizendo...é tudo mentira.
Eu nao fiz nada...
Eu não aprovei nada...
Sempre vem com essa ladainha!
Político ficou com medo, pois botaram o dedão na ferida!

Adriano Rebelo disse...

Bom dia galera!
Tento participar das atividades que dizem respeito ao meio ambiente entorno de nossa amada ilha. Estive fora durante o final de semana e não pude participar do S.O.S Gravatá. Ao buscar informação nesta manhã me deparo com uma politicagem que ao invés de ajudar, está ameaçando a existência de um dos mais belos lugares de nossa ilha, a Praia Mole e o Canto do Gravatá. Será que o Sr. Andrino não pode ajudar a manter este espaço intacto? Me exliquem: como pode existir a possibilidade de construção neste local? Em época de eleição, seria mais inteligente abraçar essa causa e levar a bandeira do S.O.S. Gravatá para dentro dos órgãos administrativos, para que possamos proteger nosso patrimônio natural.

Abraço a todos!

Adriano Rebelo

Alexander Vargas disse...

Aqui existe a possibilidade dos político mostrarem que seus interesses vão além de seus cargos e seus polpudos salários. Cabe aqui uma ação para a população, usando os poderes que conquistaram com o voto do povo.
Afinal, democracia é isto não é?
Apoiamos o S.O.S. Gravatá!
E que políticos de bom coração e boas intenções junten-se a nós!

Alexander Vargas

Ana Lucia Gonçalvez disse...

Bastante digna a atitude do responsável pelo blog em dar direito de resposta ao deputado citado na reportagem. É dessa forma, democraticamente, ouvindo os dois lados que podemos decidir o que aceitar e verificar a veracidade dos fatos.

Hugo disse...

... Pois que seja verdade o que Andrino diz a respeito de seu envolvimento no caso. Sendo verdade então ele aprova essa palhaçada que é construir em área de APL, que é apenas mas uma brecha conseguida em leis ambientais por políticos gananciosos e empresários mais gananciosos ainda. o Canto do Gravatá tem que ser preservado em APP... 10% para eles já é o suficiente para fazer um enorme estrago! Andrino só queimou seu filme em sua retratação, queres um conselho, junte-se ao movimento S.O.S gravatá! tenha certeza que grande parte de Floripa, os surfistas, e tb a galera do leste da ilha, associação dos moradores da lagoa, estão todos apoiando o movimento.

Grande abraço Máurio, e não esquenta pq isso não vai dar em nada pra vc, tenha a certeza!

Anônimo disse...

Então se o deputado Edson Andrino não tem nada haver com o empreendimento do gravatá melhor, pois agora nós o intimamos a participar das manifestações contra a ocupação do Gravatá...e aí deputado vamos nessa??? Se amarelar é porque tem o rabo preso!!! Bira Schauffert